Teatro

Foi a partir do teatro que surgiram as primeiras mobilizações para fundar em Guabiruba o que hoje é a Associação Artístico Cultural São Pedro (AACSP).

As encenações começaram com o texto da Paixão e Morte de Jesus Cristo, apresentadas por grupos de jovens vinculados à Igreja Católica.

Apesar de ser formados apenas por artistas amadores e voluntários, a vontade e a dedicação ao fazer teatral resultaram no grandioso espetáculo Paixão e Morte de Um Homem Livre, que mobiliza mais de 400 pessoas da comunidade, entre atores e envolvidos na produção, e reúne uma plateia de milhares de pessoas.

A encenação ocorre em diversos palcos com mais 400 metros quadrados, montados a céu aberto no pátio da Igreja São Cristóvão, no bairro Aymoré.

Além do consagrado Paixão e Morte de Um Homem Livre, em 2003 a AACSP montou o espetáculo natalino O Auto Rei. A peça foi encenada em três cidades e envolveu mais de 30 pessoas na produção.